» » Atualização do Google: Por que os acessos do seu site caíram

Atualização do Google: Por que os acessos do seu site caíram

postado em: Blog | 0

Atualização do Google em Março de 2019 impactou milhares de sites pelo mundo, obrigando desenvolvedores e produtores de conteúdo a repensarem suas estratégias de SEO.

Atualização do Google: Por que os acessos do seu site caíram
Atualização do Google: Por que os acessos do seu site caíram

Em 12 de março de 2019, o Google confirmou que havia atualizado novamente seu algoritmo central, depois que especialistas notaram alterações nos índices mundiais de pesquisa do Google.

Apelidado de “Atualização do Algoritmo Básico de Março de 2019”, o Google não confirmou quais mudanças foram implementadas, mas muitos profissionais do setor já analisaram o impacto até agora.

Veja um resumo do que se sabe sobre as alterações e o que isso pode significar para o SEO em 2019.

Uma reversão da última atualização

A última atualização do Google ocorreu em agosto de 2018, conhecida como EAC, ou atualização “médica”, afetou em grande parte os websites de saúde, fitness e relacionados ao bem-estar. Esses sites geralmente se enquadram na categoria YMYL (Your Money or Your Life), que se refere ao conteúdo focado em vender produtos de saúde com um apelo emocional forte e exagerado. Essa atualização deu continuidade aos esforços do Google para recompensar os sites que aderiram às diretrizes de Especialização, Autoridade e Confiabilidade (EAC), que são as principais considerações para a qualidade da página.

Curiosamente, os especialistas notaram que a atualização de março de 2019 parece ter revertido a anterior até certo ponto. Em outras palavras, os sites que tiveram um impacto negativo na atualização principal de agosto de 2018 tiveram um impacto positivo na atualização principal de março de 2019.

Páginas de nicho saíram perdendo

Uma análise do site Searchmetrics sugere que as páginas de nicho (que são dedicadas a um assunto único ou limitado) foram as que mais perderam com a Atualização de Março de 2019.

Um fator que pode ter contribuído para isso é que o algoritmo do Google parece ter aumentado sua prioridade nos sinais do usuário e na intenção de busca. Isso significa que sites que proporcionam mais tempo de navegação, exibições de páginas mais altas por visita e taxas de rejeição mais baixas do que os concorrentes provavelmente viram um aumento nos acessos.

De fato, a análise da Searchmetrics comprova isso. Descobriu-se que os sites que obtiveram maior visibilidade a partir da Atualização de Março de 2019 têm um tempo médio de visita 2:29 minutos. Isso é 26% a mais do que os sites que sofreram o maior impacto, que têm um tempo médio de visita de 1:58 minutos.

Embora isso sugira que os sites devam otimizar o tempo de visita, as visualizações de página e a taxa de rejeição, a intenção de pesquisa nem sempre se alinha com essas três métricas. Por exemplo, um usuário pode ficar satisfeito com uma visita única a um site (onde sua consulta é respondida imediatamente), em vez de uma jornada mais longa e complicada para encontrar informações mais detalhadas.

No entanto, pode ser que o campo de resposta do próprio Google acabe satisfazendo a necessidade de respostas curtas, o que poderia explicar o impacto negativo em sites de nicho.

Qual é o ponto mais importante?

O próprio Google sugeriu que a atualização de março de 2019 foi perceptível, mas não é de forma alguma a maior atualização realizada nos últimos tempos.

Como resultado, parece que o consenso geral é que os sites continuem se concentrando no que já estão fazendo, que é construir a confiança e a autoridade da marca. Isso significa criar e publicar conteúdo valioso e com autoridade em assuntos-chave em torno de um tópico específico (em vez de palavras-chave únicas ou de nicho), para que os usuários estejam mais inclinados a clicar na pesquisa, além de passar mais tempo no site.

Outra consideração importante para websites é a experiência do usuário, ou seja, se um site atende ou não às expectativas do usuário.

Quais são as perguntas relacionadas que o usuário pode fazer ou querer saber? O que motivou a consulta de pesquisa deles em primeiro lugar? Perguntas como essas podem ajudar os sites a otimizar a intenção do usuário, a qual, com base na Atualização de Março de 2019, parece ser uma grande prioridade para o Google em 2019.

Para receber uma consultoria em SEO e uma produção de conteúdo relevante que esteja de acordo com as novas regras do Google, entre em contato e solicite um orçamento.

Comente usando seu perfil do Facebook

comentarios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.